Bem vindo ao site Porto Notícias, Sábado, 19 de Agosto de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Idéias e Opiniões
     
O equilíbrio entre dar e receber. Por Eluise Dorileo

Em qualquer relação entre pessoas ou comercial quando um dá de mais e recebe de menos há um desequilíbrio no relacionamento e na empresa também. Na Constelação Familiar que é uma abordagem que ajuda a identificar e resolver bloqueios familiares que de alguma forma estão obstruindo os campos de energia pessoal de um individuo, criada pelo terapeuta alemão Bert Hellinger nos anos 70,  mostra a importância desse equilíbrio para que a vida flua.


O equilíbrio entre dar e receber  faz parte das leis sistêmicas como Hierarquia(avô vem antes do pai que vem antes do filho) e o Pertencimento(todos pertencem ao sistema familiar independente de atitudes).

Na Constelação Familiar, as Leis Sistêmicas exercem papel fundamental no equilíbrio e manutenção do sistema familiar.

A Lei do Dar e Receber, também chamada de Lei do Equilíbrio de Troca mostra que precisamos receber de outras pessoas e também dar. Todo ser é dotado da capacidade de troca, oferecendo a outros seus dons, capacidades e habilidades e recebendo daqueles o que for importante para atender suas necessidades de sobrevivência, crescimento e desenvolvimento. Na Constelação os pais dão a vida e os filhos a tomam. Os filhos precisam dos pais e quando os filhos querem assumir as funções dos pais há um desequilíbrio do sistema. Os filhos têm que entender que a retribuição deles para com os pais será repassar o amor às próximas gerações.

O desequilíbrio pode acontecer também entre o casal.  Quando um dos parceiros se sente superior ao outro e prefere dar todo o seu amor ao parceiro e sem perceber se recusam a receber. Com o tempo o parceiro vai se infantilizando e se torna dependente, perdendo assim o interesse e acaba por buscar novas distrações e vícios para preencher o vazio que sente ou acaba por adoecer pela impossibilidade de retribuir o muito que recebeu.

Em geral quem recebem de mais e dá de menos pode reagir de 3 formas: ser grato, ou tenta diminuir e atacar a pessoa que muito deu para tentar inferioriza-la ou ainda abandonar a que muito deu traindo ou indo embora.

Portanto sem equilíbrio qualquer relação tende a naufragar.

Eluise Dorileo é psicóloga,terapeuta familiar com especialização em Constelação Familiar.
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Idéias e Opiniões
17/08/2017
04/08/2017
14/07/2017
28/06/2017
27/06/2017
05/06/2017
27/05/2017
23/05/2017
18/05/2017
14/05/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias