Bem vindo ao site Porto Notícias, Segunda-Feira, 26 de Junho de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Idéias e Opiniões
     
Boas festas e que 2017 seja o ano da Saúde! Por Silvia Regina Cremonez Sirena, Presidente do COSEMS/MT

 Mais que um desejo, é uma certeza, novas administrações tomam posse no primeiro dia do ano, e seguem a gestão por quatro anos. É o momento de colocar em prática as propostas, definir estratégias e trabalhar com a realidade de cada município. 


Mato Grosso possui dimensões continentais, engloba variadas realidades socioeconômicas que convergem em situações comuns, como a falta de planejamento das cidades, inexistência de coleta e tratamento de esgoto, que formam a tão necessária infraestrutura sanitária, tratamento de qualidade na água e descarte adequado do lixo; além de moradia, e outras necessidades que o individuo tem para ter “qualidade de vida”.

Como gestora de saúde municipal e presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (COSEMS/MT), passei a conhecer melhor esta realidade tão peculiar, dividindo anseios, alegrias e frustrações com os demais parceiros que lutam em prol da saúde pública... 

Os novos gestores da Saúde tem o desafio de executar e promover ações que visem garantir a saúde integral, universal e equânime, o tripé dos princípios organizativos do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Cabe aos municípios o planejamento, desenvolvimento, coordenação e execução da política de saúde municipal, bem como a execução das ações e serviços de saúde, e não bastasse à complexidade deste aspecto, ainda vivenciando o atraso nos repasses, cortes significativos nos recursos que levam a dificuldade de promover o acesso ao cidadão.

Um dos grandes desafios assumidos em 2017 pela diretoria do COSEMS/MT é trabalhar para criar soluções frente às medidas impostas pelo Estado e União, são medidas austeras que irão impactar significativamente na vida da população. 

A realidade da Saúde é comum em todo Brasil, temos déficit de leitos, tabela SUS desatualizada, novas tecnologias e chegada de novas de doenças, no caso do mosquito Aedes aegypti que é transmissor da dengue, febre chikungunya e o vírus Zyca. Em 2016 vivenciamos um considerável aumento nos casos de microcefalia que impacta a saúde pública, e converge para outras necessidades, visto que a criança e também sua família terão que ser assistidas e monitoradas.

O trabalho multidisciplinar na saúde é contínuo, e faz interface com a Segurança Pública, por exemplo, no tocante aos acidentes de trânsito e a população carcerária; com o Serviço Social, Habitação, Educação, Obras e demais pastas. A saúde permeia por diferentes setores, sendo importante a ação conjunta que permite melhor análise do problema e consequentemente a elaboração de ações ordenadas e efetivas para garantir resultados.

Prepare-se para o desafio! Inicie o Ano Novo com respeito mútuo, com companheirismo, amizade e muita paz. Afinal, você será responsável em criar um mundo melhor para o próximo! O período é de festas então, desejamos a todos um próspero 2017, com muita saúde, paz e sucesso, em todos os setores de nossas vidas...Que possamos trabalhar juntos em prol de uma saúde pública de qualidade e tornando o SUS melhor ao nosso povo!


* Silvia Regina Cremonez Sirena

Presidente do COSEMS/MT

 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Idéias e Opiniões
05/06/2017
27/05/2017
23/05/2017
18/05/2017
14/05/2017
10/05/2017
31/03/2017
25/03/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias