Bem vindo ao site Porto Notícias, Terça-Feira, 27 de Junho de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Brasil
     
3 de Maio, 2017 - 17:28
Veja o que será votado hoje na comissão da reforma da Previdência


A Comissão Especial da reforma da Previdência deve votar ainda hoje o parecer do relator Arthur Oliveira Maia (PPS-BA).



A reunião está acontecendo com algumas mudanças na composição do colegiado acertadas hoje.



A comissão tem 36 membros titulares e o governo precisa de maioria simples dos presentes para aprovação, mas a votação só ocorre com quórum mínimo de 19 deputados.



A previsão do deputado Beto Mansur (PRB-SP) é que a aprovação seja por 23 ou 24 votos. Já nas votações no plenário da Câmara, a PEC só passa se aprovada por 3/5 do total de deputados (308 votos).



Uma das alterações de última hora foi a inclusão dos policiais legislativos da Câmara e do Senado entre as categorias com direito a aposentadoria especial.



As regras próprias para policiais militares e professores criadas na primeira rodada de revisão da PEC foram criticadas por economistas.



“Não faz o menor sentido, não há nada que justifique a não ser uma pressão corporativa. É descabido e não há argumento técnico, só politico, por pressão de bancadas e sindicatos”, diz Paulo Tafner, técnico aposentado do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) que estuda Previdência há décadas.



O texto divulgado hoje cria novas exceções para agentes penitenciários após membros da categoria terem invadido ontem o Ministério da Justiça. A pressão deu resultado mesmo com resistência do relator.



“Depois que os agentes invadiram, falei que comigo a conversa está encerrada. Se for aprovado destaque para incluí-los como forças policiais, por mim tudo bem, mas eu pessoalmente não vou fazer isso. Não podemos atender a pessoas que cometem atos de vandalismo”, disse Maia hoje mais cedo em entrevista à CBN.



Também foi criada uma nova regra de transição para a exigência de tempo de contribuição das policiais mulheres.



Já para os parlamentares que já têm mandato, a regra foi endurecida: depois de incluí-los na transição, o relator elevou de forma imediata a idade mínima para a classe, cobrando desde já 62 anos para mulheres e 65 anos para homens.



Veja o texto final com as mudanças de última hora e em seguida, o relatório de 20 de abril com as primeiras (e principais) alterações feitas no projeto original enviado pelo governo:



Alterações finais na PEC da Reforma da Previdência by EXAME.com on Scribd



Parecer do relator da reforma da Previdência by EXAME.com on Scribd


Fonte: exame.com
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Brasil
26/06/2017
24/06/2017
17/06/2017
13/06/2017
09/06/2017
08/06/2017
06/06/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias