Bem vindo ao site Porto Notícias, Domingo, 25 de Junho de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Juara
     
3 de Junho, 2017 - 18:07
Defesa de vereador de Juara emite nota sobre acusação de ter matado empresário em Cuiabá

A defesa do vereador Eraldo Francisco Alves, conhecido como “Eraldo Markito” da cidade de Juara, emitiu nota de esclarecimento a imprensa, em que trata acusação como “equivoco”.


Na nota encaminhada ao Porto Notícias, o advogado do vereador, Rubens Setolin, diz que seu cliente é inocente e que, depois de ter sido ouvido pela Polícia Civil, ficou comprovado que ele não tem participação no crime. 


“Após apresentada a sua defesa ficou claro que se trata de um equívoco cometido por órgãos judiciários estaduais, de modo que após ser ouvido pelo delegado da capital foi comprovado que o Eraldo não teve qualquer participação no citado crime. No entanto uma vez iniciado, o processo tramita como qualquer outro para que ao final o Eraldo possa ser declarado inocente”, explica o advogado do vereador.


Veja a nota na integra


Em atenção à imprensa e à sociedade, em virtude de notícias veiculadas no dia de ontem (02/06/2017) em sites regionais e estaduais, o Sr. Eraldo Francisco Alves, popular vereador Eraldo Markito, vem esclarecer o seguinte: -


                   O Sr. Eraldo Francisco Alves foi denunciado pelo Ministério Público Estadual, na Comarca de Cuiabá-MT, por supostamente ter cometido um assassinato na capital deste estado, no ano de 2013.


                   Contudo, após apresentada sua defesa, ficou claro que trata-se de um equívoco cometido por órgãos judiciários estaduais, de modo que, após ser ouvido pela Delegacia de Polícia da capital, foi comprovado que o Sr. Eraldo Francisco Alves não teve qualquer participação no citado crime.


                   No entanto, em razão da processualística penal, uma vez iniciado, o processo deverá tramitar como qualquer outro, para que ao final o Sr. Eraldo Francisco Alves possa ser declarado inocente, de modo que o processo não pode ser arquivado nesta fase, necessitando de regular processamento.


                   Por isso, respeitando as normas de procedimento, o Juízo da Comarca de Cuiabá-MT, designou audiência para a oitiva do Sr. Eraldo Francisco Alves, solenidade pela qual já era aguardada.


                   Desta forma, o Sr. Eraldo Francisco Alves declara-se inocente das acusações, bem como se declara vítima de equívocos e precipitações de órgãos judiciários estaduais, já que há provas e documentos suficientes a fim de comprovar sua real e absoluta inocência, de modo que não deixará pairar qualquer resquício de dúvida à sociedade, muito menos ao Poder Judiciário.


                   Juara-MT, 03 de Junho de 2017.


Dr. Rubens Setolin


Advogado – OAB/MT 18.930


 

Fonte: Porto Noticias
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Juara
24/06/2017
23/06/2017
22/06/2017
20/06/2017
17/06/2017
16/06/2017
14/06/2017
12/06/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias