Bem vindo ao site Porto Notícias, Terça-Feira, 27 de Junho de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Política
     
18 de Maio, 2017 - 14:26
Jajah promete acionar Janaina por quebra de decoro e diz que quase apanhou no plenário

Os ânimos dos deputados Jajah Neves (PSDB) e Janaina Riva (PMDB) ainda devem ferver muito pelos próximos dias. Após protagonizarem um grande bate-boca, com direito a dedo na cara, durante a sessão plenária desta quarta-feira (18), Jajah prometeu que irá acionar a colega por quebra de decoro. Ele afirma que, além dos insultos que ouviu de Janaina, só não foi “agredido” pela parlamentar em razão dos outros deputados que apartaram a discussão.


“Ela se diz muito frágil, mas agora mostrou sua força, quase me bateu dentro do Parlamento. Realmente, é bom conhecer as faces da pessoa, de alguém que se faz de coitadinha para sensibilizar os outros. Eu vou acioná-la dentro do Parlamento por quebra de decoro e vou acioná-la nos meios legais. Esse teatro dela aqui, de quinta categoria, o povo do Estado conhece”, rebateu Jajah após a sessão, visivelmente irritado, em conversa com jornalistas.


A rixa entre os dois se deu em função de um discurso feito por Janaina, na tribuna, em que pedia solidariedade dos demais deputados para a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigaria os “grampos” clandestinos, perpetrados por um núcleo da Polícia Militar, do qual ela foi alvo. Com lágrimas nos olhos a deputada se disse “abandonada” pelo Parlamento.


Em seguida, Jajah Neves acusou a deputada de estar “se vitimizando” e fazendo encenação ao chorar na tribuna. Para ele, Janaina estaria fazendo sensacionalismo e transformando o Parlamento, em suas palavras, num “teatro de quinta categoria”.


“É preciso entender a história dela e a minha, a minha história é integra, limpa. Eu sou filho de uma professora que nunca respondeu a um processo na vida, filho de um mecânico que nunca respondeu a um processo na vida. Eu teria vergonha de sair de casa se eu tivesse um pai como o que ela tem, para vir aqui falar de decência. Ela tem que limpar a boca para vir falar de mim, da minha história e da minha integridade. Quem tem rabo de palha não pula fogueira e, ela e a família dela não tem rabo de palha, eles são feitos de palha, e a fogueira está aí para queimá-los”, disse o deputado.


Durante a briga, Janaina acusou Jajah – que é suplente e ocupa a vaga de Wilson Santos (PSDB) na Assembleia – de estar repassando cerca de R$ 65 mil que recebe a título de verba indenizatória para o titular do cargo, no caso, Wilson Santos. A prática, se confirmada, é irregular. Além disso, a deputada afirmou que o tucano estaria recebendo dinheiro do Governo para defende-lo no Parlamento.


“Isso aí ela vai ter que provar, cabe a ela o ônus da prova. Eu vou acioná-la, porque ela está prevaricando. O Governo que eu represento sabe muito bem do meu posicionamento, eu não sou loco e nem 'taco' pedra em avião. Eu sou de um Governo que não é corrupto, não é ladrão, eu não vim de uma família como a que ela veio, de corruptos, de presidiários e de um Governo que todo mundo sabe o que é, então ela que me respeite”, rebateu Jajah Neves.


Pedido de desculpas


No início desta quinta-feira (18), Janaina utilizou as redes sociais para se desculpar pelo ocorrido. Na publicação, a deputada assume ter se excedido ao discutir com Jajah. “Como muitos que me acompanham presenciaram ontem, acabei me excedendo na tribuna, desabei em choro e troquei adjetivos muito ruins com um colega. À população de Mato Grosso peço desculpas pela minha postura. Apesar de ser combativa nas causas que acredito, não deveria ter me excedido”, escreveu.


 


 

Fonte: Olhar Direto
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Política
26/06/2017
22/06/2017
21/06/2017
17/06/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias