Bem vindo ao site Porto Notícias, Segunda-Feira, 21 de Agosto de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Política
     
24 de Maio, 2017 - 18:11
Zeca Viana cobra solução para atraso crônico nos repasses da Saúde em MT

Revoltado com o anúncio de que o Hospital Regional de Sorriso pode voltar a fechar as portas devido ao atraso de repasses do governo do Estado, o deputado estadual Zeca Viana (PDT) cobrou, durante a sessão vespertina desta terça-feira (23), uma solução definitiva para o atraso crônico nos repasses da Saúde.


“Esse episódio do diretor do hospital de Sorriso é lamentável. Em um estado rico como o nosso, é lamentável o diretor ter que tirar pacientes da UTI porque não tem mais condições de manter por falta de repasses do governo estadual”, disse.


Viana afirmou ainda que vai barrar a votação da autorização para o Estado pegar empréstimo de R$ 900 milhões para a conclusão das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande até que haja uma proposta definitiva para quitar os atrasos nos repasses da Saúde.


“Ora, estão querendo pegar aí quase um bilhão para concluir o VLT, porque não resolvem o problema da Saúde que é mais urgente? Nem que seja pegando um empréstimo para quitar essas dívidas, mas isso precisa ser resolvido. Não dá para fazer obras mirabolantes por aí enquanto a população está morrendo nos hospitais”, propôs.


Com a redução dos atendimentos nos hospitais regionais, as cidades da região Norte já estão sofrendo com a sobrecarga de demanda na rede pública municipal de Saúde. Relato da Câmara de Vereadores de Sinop, realizado pelos vereadores Ademir Bortoli (PMDB) e Joacir Testa (PDT), aponta que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município já tem pacientes aguardando nos corredores devido à falta de estrutura no local para comportar a alta na demanda.


“O Hospital hoje está sem condições de atender. Estão atendendo mais de 500 pessoas na UPA, e o município de Sinop não tem condição de manter isso. Se não houver um repasse para a Saúde vai quebrar Sinop, vai quebrar Colíder e Sorriso, porque os municípios não aguentam bancar sozinhos. E o governo do Estado está devendo mais de R$ 14 milhões para o Hospital Regional de Sinop, algumas coisas da época em que o próprio governo estava fazendo intervenção no Hospital Regional”, argumentou Zeca.

Fonte: Assessoria
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Política
17/08/2017
15/08/2017
14/08/2017
09/08/2017
04/08/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias