Bem vindo ao site Porto Notícias, Domingo, 20 de Agosto de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Política
     
29 de Maio, 2017 - 17:51
Taques repassa mais de R$ 80 milhões para hospitais regionais, mas dívidas ainda estão em quase R$ 100 mi

Enquanto o esperado auxílio dos poderes Legislativo e Judiciário não vem, o governador Pedro Taques (PSDB) determinou que fossem repassados mais de R$ 80 milhões pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) para os hospitais regionais. Foram R$ 67 milhões na última quinta-feira (25) e outros R$ 13,15 milhões, nesta segunda-feira (29), mas ainda ficaram para trás quase R$ 100 milhões em débitos acumulados.


Originalmente, os recursos repassados à SES para honrar o compromisso com os hospitais regionais seriam para suprir a folha de pagamento dos servidores públicos estaduais. Na equação original, o governo contava com R$ 120 milhões dos poderes Judiciário e Legislativo, além dos órgãos autônomos – Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado (TCE).


Somente a Assembleia se prontificou em auxiliar com até R$ 80 milhões de recursos que, em tese, iriam para as rodovias. O Palácio Paiaugás acreditava que R$ 60 milhões viriam do Tribunal de Justiça, MP e TCE, mas as manifestações contrárias frustraram a expectativa de Taques. 


A dívida do governo do Estado com a saúde era superior a de R$ 162 milhões e começou a ser paga na semana passada. O dinheiro remanejado da folha de pessoal, que depois deve ser coberto, vem sendo liberado via Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças de Mato Grosso (Fiplan), para chegar com maior agilidade à  conta dos hospitais regionais.


Até a próxima quarta-feira (31), a SES deverá divulgar o detalhamento dos valores pagos a cada unidade de saúde.


Entre os hospitais em que a situação é mais crítica, em Mato Grosso, estão o Regional de Sorriso, a 432 quilômetros ao norte de Cuiabá; e Hospital Regional de Sinop. A direção do Hospital de Sorriso revela que a dívida do Estado para com aquela unidade passa de R$ 8 milhões.


A Secretaria de Estado de Saúde esclarece que foram repassados, na última quinta-feira (25), R$ 3,9 milhões ao hospital para quitar parte dos débitos com a empresa responsável pela lavanderia e também outras pendências que não foram especificadas. Até o dia 19 deste mês já tinham sido liberados pouco mais de R$ 4 milhões ao hospital, sendo parte do governo federal e o restante de bloqueio judicial.


O atraso nos repasses afeta todos os hospitais regionais de Mato Grosso e têm prejudicado o atendimento das unidades que precisam de verba do Estado para se manter, como os filantrópicos. Na semana passada, os hospitais filantrópicos de Mato Grosso alegaram que o governo deve R$ 13 milhões às seis unidades que recebem pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

Fonte: Olhar Direto
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Política
17/08/2017
15/08/2017
14/08/2017
09/08/2017
04/08/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias