Bem vindo ao site Porto Notícias, Terça-Feira, 27 de Junho de 2017
Notícias
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporã
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo


Se você já precisou da Polícia Militar de Porto dos Gaúchos, como você avalia o atendimento que teve?
Bom
Ruim
Ótimo
Péssimo

 Porto dos Gaúchos
     
26 de Maio, 2017 - 15:17
Oscar Bezerra tem R$ 326 mil em recursos direcionados para Porto dos Gaúchos em 02 anos e meio de mandato

  Deputado Oscar/Foto reprodução

Prestes a completar 2 anos e meio de mandato em junho de 2017, o deputado estadual, Oscar Bezerra do PSB já direcionou para o município de Porto dos Gaúchos a quantia de R$ 326,500 (trezentos e vinte e seis mil e quinhentos reais) em emendas parlamentares. 


No entanto, os valores ainda não foram pagos pelo governo do estado, mas a expectativa é de que até final do mandado do deputado em 31 de dezembro de 2018 as emendas sejam pagas e o município beneficiado.


Em 2015, primeiro ano do mandato, Oscar direcionou R$ 6.500,00 para compra de material Esportivo. 


Em 2016, o deputado direcionou R$ 170 mil para compra de um Micro-Ônibus para atender a Secretaria de Esporte do Município. O pedido ao deputado foi feito pelo ex-vereador do PSB Claudiomar Braun.


Em 2017, atendendo a pedido da vereadora Kelly Duarte do DEM, Oscar Bezerra já colocou de emenda particular a qual tem direito R$ R$ 150 mil para investimento em lama asfáltica, que será aplicada em ruas pavimentadas de Porto dos Gaúchos.


Vale ressaltar que para que recursos direcionados por deputados sejam pagas, é preciso que o poder executivo municipal também faça a sua parte, elaborando o projeto a ser contemplado e sanando todas as pendencias em documentação constatadas durante o andamento do processo de liberação do recurso.


Um dos mais atuantes


Até final de 2016, Oscar já tinha sido autor de mais de 800 proposições (90 projetos de lei, 470 indicações, 60 requerimentos de informação, entre outros). O deputado também se destacou em 2016 pela atuação nas discussões da reforma do sistema tributário de Mato Grosso, e também em CPIs como a da Copa do Mundo, que rendeu um relatório com mais de 29 mil páginas (entre o texto principal e seus mais de 130 anexos) que apontou a responsabilidade de 7 agentes políticos, 96 servidores públicos e 35 empresas (algumas atuando em forma de consórcios) pelas irregularidades nos empreendimentos que deveriam ter sido concluídos até a realização do Mundial, em junho de 2014.

Fonte: Porto Noticias
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Porto dos Gaúchos
26/06/2017
23/06/2017
22/06/2017
21/06/2017
20/06/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Opiniões
Porto dos Gaúchos
Juara
Tabaporâ
Novo Horizonte
Regionais
Estaduais
Brasil
Mundo
Política
Executivo
Legislativo
Copyright © 2017 - Porto Notícias