Caminhoneiros, agricultores, entidades e empresários bloqueiam a MT-338 em Itanhangá

O movimento dos caminhoneiros, agricultores, empresários e sindicato, ganhou grandes proporções em Itanhangá nesta terça-feira dia 23 de maio.

A MT-338 continua bloqueada para o trafego de caminhões, passando somente ambulâncias, carros, caminhonetes e ônibus.

Em nota, o Prefeito Municipal Edu Pascoski reiterou total apoio aos manifestantes, dizendo que todos estão cansados do aumento abusivo dos preços dos combustíveis e a manutenção das estradas do município fica cada dia mais onerosa para a administração.

Uma estrutura foi montada no local e todos vão ficar até o governo realmente baixar os preços dos combustíveis e não tirar apenas 05 centavos para em troca onerar ainda mais os impostos da folha de pagamento, o que com certeza vai causar desempregos no País.

O movimento em Itanhangá começou na segunda-feira dia 22 por volta das 10hs da manhã, e segundo organizadores vem atingindo seus objetivos, e fazendo com que as autoridades busquem uma solução o mais breve possível.

Em algumas cidades o combustível dura somente até hoje, em outras o transporte escolar foi suspenso e em outras a coleta de lixo deixou de ser feita.

 

 

Fonte :

Porto Noticias/Ita Noticias

Deixe seu comentário: