Delegado Albertino faz prévio balanço de atividades da Policia Civil em Porto dos Gaúchos e Tabaporã

Desde que chegou a região do Vale do Arinos, mais precisamente em Porto dos Gaúchos em agosto de 2014, o delegado de Polícia Civil Albertino Felix de Brito Junior tem respaldado o atendimento a imprensa, dando ciência dos trabalhos realizados pela instituição, e respaldado os anseios da sociedade em geral.

A atuação da autoridade policial é digna de elogios por parte da imprensa da região e do estado, uma vez que o delegado atende a imprensa sempre com toda cordialidade, vendo nos meios de comunicação um parceiro da instituição na contribuição com o combate à criminalidade e na divulgação das ações.

É importante fazer um balanço do trabalho da polícia civil em 2018; a partir deste ano o delegado Albertino passou a residir em Tabaporã, e sob sua coordenação a delegacia de Polícia Civil de Tabaporã passou por reformas e foi informatizada, inúmeras prisões foram efetuadas, colocando atrás das grades vários traficantes de drogas, estupradores e homicidas. O efetivo policial foi reforçado como novos agentes e obtendo aumento da produtividade.

De cerca de 10 inquéritos por anos, as delegacias de Tabaporã e Porto dos Gaúchos saltaram para mais de 120 inquéritos por ano em cada delegacia.

O delegado destaca a importância de ter a população do lado da Policia, denunciando todo tipo de crime, onde o denunciante é sempre mantido em sigilo. “Estamos atuando de forma repressiva e a população tem ajudado, pois confia no trabalho da Polícia e qualquer cidadão pode denunciar crimes”, destaca.

Em Porto dos Gaúchos o delegado disse que está tentando um novo local para instalar a delegacia de Polícia Civil, desvinculando da cadeia pública.

A agilidade com que a Policia Civil tem atuado em Porto dos Gaúchos e Tabaporã fica visível como no caso ocorrido no mês passado em Tabaporã, quando prendeu em flagrante um criminoso que matou e decapitou sua convivente, em um crime bárbaro que chocou a cidade de Tabapora. A polícia civil conseguiu concluir o inquérito policial em tempo recorde e com todas as provas suficientes para oferecer a denúncia por crime de feminicídio, que foi acatado pela justiça que levará o criminoso a júri popular.

“Tenho certeza que ele vai ser condenado e a justiça vai ser feita. Devemos acreditar na justiça, pois temos um poder judiciário atuante. Em qualquer caso de denuncia as pessoas podem falar direto comigo, denunciando por whatsapp, e seu nome será mantido no mais absoluto sigilo” informa o delegado

O whatsapp da autoridade policial para receber denúncias é: (66) 98461-8460. O telefone fixo da delegacia de Porto dos Gaúchos é (66)3526-1284.

 

Fonte:
Porto Noticias

Comentários

comentários

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para lhe atender
👋 Olá, como posso ajudar?