Em Mato Grosso Bolsonaro venceu Haddad em 124 dos 141 municípios

Jair Bolsonaro, que obteve 1.085.824 votos (66,42% dos válidos) dos mato-grossenses, foi o primeiro colocado em 124 dos 141 municípios (86%). De todos eles, a maior vantagem em percentual veio da pequena Itanhangá. Ali, os 2.364 votos representaram 79,73% dos válidos.

Fernando Haddad conseguiu a maior votação em 17 cidades. São elas: Rondolândia, Acorizal, Alto Paraguai, Porto Estrela, Barão de Melgaço, Planalto da Serra, Jangada, General Carneiro, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Ponte Branca, Poxoréu, Rosário Oeste, Santo Antonio de Leverger, Tesouro, Santa Terezinha e Campinápolis. As maiores vantagens percentuais do petista foram em Porto Estrela, com 67,60% (1.456 votos) e Livramento, com 66,05% (5.290).

Das 12 cidades pólos, Primavera do Leste, Sinop (Nortão) e Tangará da Serra (Médio-Norte) deram a maior votação proporcional ao candidato do PSL. Em Primavera, “abocanhou” 78,46% dos válidos (24.938 votos), enquanto Fernando Haddad obteve 21,54% (6.846). O segundo maior percentual veio dos sinopenses, que cravaram 77,38% (52.446 votos) em Bolsonaro. No município, o petista ficou com 22,62% (15.331). O terceiro foi Tangará da Serra, com 77,15% (34.821). Ali, Haddad conquistou 22,85% (10.314).

O quarto maior percentual de votos em Bolsonaro, entre as maiores cidades do Estado, foi registrado em Lucas do Rio Verde, com 75,56% (22.894). O petista ficou com 24,44% (2.346). Em seguida, vem Sorriso, onde Bolsonaro “arrancou” 30.599 votos (75,48%) e, Haddad, 9.939 (24,52%). Alta Floresta, também no Nortão, deu 18.321 votos (70,16%) para o candidato do PSL e 7.791 (29,84%) a Haddad.

Em Jaciara, pólo do Vale do São Lourenço, foram 68,97% (9.854 votos) em Bolsonaro e 31,03% (4.434) em Haddad. Na Capital, foram mais 222.077 votos (66,94%) e Haddad ficou com 109.681 (33,06%).

Em Rondonópolis, no Sul, o concorrente ficou com 68,66% (74.166 votos), enquanto o petista obteve 31,34% (33.847). De Barra do Garças, no Araguaia, foram mais 18.236 votos (63,79%) no capitão da reserva, deixando o ex-prefeito de São Paulo com 10.350 (36,21%).

No segundo maior colégio eleitoral do Estado, em Várzea Grande, Bolsonaro conquistou 87.193 (61,95%) e, Haddad, 53.552 (38,05%). Já em Cáceres, no Oeste, o candidato do PSL também ganhou com ampla vantagem. Obteve 54,39% dos válidos (22.961), ao passo que Haddad conquistou 45,61% (19.254).

Fonte :

RD News/Romilson Dourado

Deixe seu comentário: