Juinense que teve pano de compressa esquecida em abdômen morre após vários dias na UTI

O Sr Bento Ferreira da Silva, 57 anos, morador de Juína, que passou por procedimento cirúrgico há cerca 90 dias no Hospital de Municipal de Juína, veio a óbito na madrugada do último sábado (21.07), após 25 dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de um hospital particular de Juína.

A cirurgia no hospital municipal foi realizada no mês de abril para a colocação de bolsa colostomia e desde então o Sr Bento reclamava de fortes dores no abdômen. Por várias vezes a família levou a vítima no Posto de Saúde (PSF), do bairro Módulo 6, mas as enfermeiras não conseguiram descobrir o motivo das dores.

Foi então que o filho da vítima percebeu algo estranho no local da cirurgia, um pano começou a ser expelido pelo ferimento que começou a abrir.

Edson entrou em contato com a equipe de jornalismo da Record TV Juína e Meridional FM contando o drama vivido pelo pai. Logo após a reportagem ir ao ar e repercutir em todo o estado, o Sr Bento foi encaminhado ao hospital para a retirada da compressa.

A vítima ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por 26 dias, e segundo informações do filho em entrevista exclusiva à Record TV Juína e Meridional FM, nos últimos 16 dias o pai, mesmo debilitado, foi submetido a 03 cirurgias, e na madrugada do último sábado (21.07), não resistiu e veio a óbito.

Os filhos do Sr Bento estão inconsoláveis diante deste descaso e grave erro médico. “Estamos impotentes diante dessa situação, e o pior de tudo é que o médico nos disse que a causa da morte seria câncer de próstata, o que não acreditamos, já que foi feita biópsia e o estado dele não era grave”, contou um dos filhos.

O Sr Bento está sendo velado na capela da Associação Ministério da Esperança (AME) e deverá ser sepultado nesta segunda-feira (23.07), sem horário por enquanto.

Outra revolta da família, nem o laudo da perícia que aponta as causas da morte foi entregue.

 

 

Fonte :

Jones Luz / Record TV / Meridional FM

Deixe seu comentário: