Professor Enos quer manutenção na quadra e academia do bairro da creche e cobra que caminhão pipa molhe mais vezes as ruas

Atendendo a reivindicação das donas de casa de Porto dos Gaúchos, o vereador Professor Enos (PT) cobrou verbalmente em tribuna durante sessão na noite desta terça-feira (03 de julho) na câmara de vereadores, que a secretaria Municipal de Infraestrutura tome as medidas necessárias para que o caminhão pipa passe mais vezes nas ruas de terra da cidade, que já estão sendo molhadas, no entanto devido ao tempo seco e a pouca regularidade com que o caminhão tem passado, tem deixado a desejar.

“Fim de semana e feriados são os dias que a dona de casa está em casa, ai ela não vê o pipa passar, fica 03 dias sem molhar, e quando molha não dá conta de manter úmido por que o tempo está seco”, destacou.

Enos sugeriu ainda que para o próximo ano seja feita uma tomada de preço para que uma empresa privada faça esse serviço obtendo assim mais regularidade, uma vez que a prefeitura não precisará destinar servidor de outros setores para fazer dirigir o caminhão, e ainda deixará de gastar com manutenção do caminhão, combustível e outros, podendo ficar até mesmo mais barato do que realizar o trabalho por conta própria.

Enos indicou também durante a sessão que seja feita manutenção na quadra esportiva e academia pública localizada no bairro da creche em Porto dos Gaúchos; “Constatei que as traves de gol foram retiradas, a grama praticamente não existe mais, os banheiros ficam abertos e sem lâmpadas, propiciando a ação de vândalos no local”, justificou na indicação.

Durante sua fala, o vereador se manifestou contra ideia ventilada pelo prefeito municipal em extinguir as secretarias de Esportes e a de Agricultura, ressaltando que são duas secretarias essenciais para o município e que devem na verdade serem melhoradas e não serem anexadas a outras secretarias, perdendo suas autonomias.

Sobre algumas demissões realizadas recentemente pelo gestor municipal, o parlamentar disse que se solidariza com cada um que perdeu seu emprego, mas que é um ato institucional que deve ser tomado apenas pelo prefeito, e que como são cargos de confiança, é algo que os vereadores não podem interferir.

“Entendo essa necessidade, inclusive essa casa de leis tem cobrado sobre o aumento das contratações e o inchaço da folha, e ouvido cobranças dos munícipes de que tem que ser feito alguma coisa, mas que na hora de fazer que o prefeito tome as decisões mais acertadas possíveis”, concluiu.

 

 

Fonte :

Porto Noticias

Deixe seu comentário: