Vereadores aprovam indicações para construção de redutores de velocidade, manutenção de pontes e cobram transporte intermunicipal

Os vereadores de Porto dos Gaúchos se reuniram em sessão ordinária na manhã de segunda-feira (1º de junho/2020) quando aprovaram indicações que foram apresentadas durante a sessão.

Proposta pela vereadora Kelly Duarte, foi aprovado o pedido de construção de redutores de velocidade na avenida Novo Hamburgo e no assentamento Arara Azul, visando garantir a segurança dos moradores, como também reduzindo a velocidade dos condutores evitando poeira.

Kelly ainda solicitou verbalmente que a secretaria municipal de Infraestrutura providencie juntamente com o governo do estado que seja construído redutores de velocidade na MT-338, em frente ao armazém próximo a Novo Paraná, onde a muito tempo tem sido solicitado por pessoas que se deslocam pelo local, e que no último sábado (30 de maio) foi palco de um acidente que por pouco não tirou uma vida. A cobrança da parlamentar foi reforçada pelo vereador Paulo Badalo, que relatou que a é notório a necessidade de redutores de velocidade no local citado, na MT-338.

Caio Pintor indicou a limpeza e manutenção de áreas urbanas e calçadas na cidade. Paulo Badalo indicou Manutenção na ponte da estrada vicinal sobre o rio Corgão e na ponte sobre o Rio Água Dourada na estrada vicinal que liga comunidade São João á Fazenda Mandaguari.

O vereador Nolar criação de medidas protetivas, com apoio psicológico para servidores da educação, visando reduzir ao máximo os efeitos em relação a pandemia do coronavírus para que haja o retorno as atividades escolares.

O vereador Professor Enos, apresentou ofício em que solicita que deputado estadual Valdir Barranco intervenha junto a AGER cobrando sobre a regularidade de linha de transporte intermunicipal de passageiros que atenda Porto dos Gaúchos.

Os vereadores Kelly Duarte e Caio Pintor reforçam o compromisso com a questão do transporte intermundial de passageiros, e também relataram cobranças feitas aos órgãos competentes no intuito de resolver a questão.

Fonte:
Porto Noticias

Comentários

comentários