Home Política Neri Geller é cotado para ser líder de Bolsonaro na câmara federal

Neri Geller é cotado para ser líder de Bolsonaro na câmara federal

3 min ler
0



O deputado federal Neri Geller (PP) está cotado para assumir a liderança do Governo Jair Bolsonaro (PL) no Câmara dos Deputados em 2022 para substituir o atual líder,  deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), que deve ser indicado para  Tribunal de Contas da União (TCU).

Neri Geller afirma que não existe convite oficial e que sua prioridade é disputar o Senado. No entanto, não descarta a liderança do governo caso seja convidado por Bolsonaro.

“Se isso vier a acontecer [o convite para a liderança], vou analisar a possibilidade de assumir. Não estou trabalhando para isso”, disse. “Eu não fui convidado, não tem uma conversa direta [sobre isso]. Existe uma movimentação, sim, uma possibilidade de Ricardo Barros ir para o TCU, é verdade”, completou o progressista após participar da inauguração da ETA do Cristo Rei, em Várzea Grande, na manhã desta segunda (20).

A indicação de Ricardo Barros para o TCU  foi feita pelos correligionários como o presidente da Câmara dos Deputados Arthur Lira (PP-AL)  e pelo chefe da Casa Civil  Ciro Nogueira (PP-PI) para substituir a ministra  Ana Arraes, que se aposenta em julho do ano que vem por completar 75 anos. Antes  da indicação dos progressistas,  ele foi citado na CPI da Covid do Senado como  participante  das negociações para compra de vacinas superfaturadas.

Nesse contexto é que surge o nome de Neri Geller para substituí-lo na liderança do governo na Câmara. O próprio parlamentar de Mato Grosso, apesar de negar o convite,  afirma que tem “uma relação muito forte com todos os líderes partidários, do centro à direita, do centro à esquerda”, que o credencia para desempenhar a função.

Jacques Gosch e Allan Pereira/RD News

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Política

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também

Frigoríficos de MT são alvos de investigação por suposta compra de gado de forma ilegal

O Ministério Público Federal (MPF) abriu inquérito civil contra frigoríficos de Mato Gross…