Oficial da Força Tática mata PM por engano durante abordagem em Cuiabá

Um policial militar que pertencia ao grupo de inteligência do 1º Comando Regional foi morto por enquanto enquanto fazia uma abordagem, na região central de Cuiabá. Quem efetuou o disparo é um tenente da Força Tática, que também chegou para atuar na ocorrência e confundiu o PM com um criminoso, por ele estar sem farda e com uma pistola na mão.

“Por estar na equipe de inteligência, ele não estava fardado. Com isso, ele estava fazendo o acompanhamento de um grupo de motociclistas que estavam fazendo algazarras na região central. Ao parar para fazer a abordagem, a equipe da Força Tática chegou e o tenente confundiu ele com um criminoso e acabou atirando”, disse um dos policiais que estava na atuação da ocorrência na noite de quinta-feira (28).

O disparo foi realizado e atingiu o soldado Ricardo Ferreira de Azevedo, supostamente na região pélvica. Somente após ele estar ferido, que os policiais da Força Tática perceberam que se tratava de um PM. Ele foi socorrido e levado para o HMC. Azevedo ainda passou por uma cirurgia de emergência, mas não resistiu e morreu.

O velório do policial deve acontecer no período da tarde. O corpo dele deve ficar no IML até 11h e em seguida será liberado para os serviços funebres. O velório deve acontecer no auditório do 1º Batalhão da PM, no bairro do Porto, em Cuiab

Comentários

comentários