Home Tabaporã Cartório de Tabaporã realiza primeiro casamento de MT por videoconferência

Cartório de Tabaporã realiza primeiro casamento de MT por videoconferência

3 min ler
0
0

O Cartório do 2º Ofício de Tabaporã realizou na manhã de sábado (03 de abril) o primeiro casamento por videoconferência do Estado de Mato Grosso, em solenidade conduzida pelo registrador civil, Edivaldo Mauricio Semensato.

Os noivos foram Luzia Lopes Neves, de 66 anos, e Cícero Manoel da Silva de 51.

A cerimônia foi prestigiada pela presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado de Mato Grosso (Anoreg-MT), Velenice Dias; pela substituta do cartório, Rosimeire Semensato; juiz de paz, Valmor Kloppel; filhos e testemunhas Fabiana Neves da Silva Santana e Welteman Lopes Neves e colaboradores do cartório.

Luzia Neves e Cícero Manoel frisaram que o romance surgiu pela internet (Whatsapp). “É uma história que começou pela internet e, agora, estamos casando também pela internet, mesmo morando na mesma cidade. Diante da pandemia, por não ter o casamento presencial, recebemos a sugestão do cartório de casar de forma virtual. Achamos boa a ideia, ficamos na expectativa aguardando, e tudo deu certo. Foi uma responsabilidade muito grande do cartório, que fez tudo acontecer. Nossa felicidade é enorme”, exaltou o casal.

O titular do cartório, Edivaldo Semensato, frisou estar lisonjeado por ser o primeiro a realizar o casamento por videoconferência. “Consegui, graças à minha equipe, representada pelas escreventes Valéria e Taline. Nosso dever está cumprido, conseguimos cumprir esse ato, atender a inovação, o que o momento exige. Gratidão ao casal, à minha equipe, ao juiz de paz e à Anoreg-MT”, disse Edivaldo.

A presidente da Anoreg-MT, Velenice Dias, ressaltou a importância do ato praticado pelo 2º Ofício de Tabaporã; “Para a Anoreg-MT, é muito gratificante, uma honra e alegria participar dessa celebração. Estamos orgulhosos disso e queremos que todos os registradores civis do estado sigam o exemplo do Edivaldo, pois seria muito cômodo não celebrar esse casamento, mas ele não fugiu, abraçou a norma e a cumpriu, proporcionando a ao casal a concretização de um sonho”, destacou.

 

Fonte: Porto Noticias/Assessoria

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Tabaporã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + 16 =

Verifique também

Governo de MT altera decreto e bares e lanchonetes podem abrir até as 22h. Toque de recolher é as 23h

O Governo de Mato Grosso atualizou as medidas restritivas contra o avanço da covid-19 no e…