Home Porto dos Gaúchos Medida de fechamento de acesso a Escadinha no rio Arinos final de semana foi tomada após áudios com ameaças

Medida de fechamento de acesso a Escadinha no rio Arinos final de semana foi tomada após áudios com ameaças

6 min ler
0

Uma medida tomada pela Colonizadora Conomali no final de semana, com interdição com tora de madeira da via que dá acesso a beira do rio Arinos, na localidade conhecida como “Escadinha” causou surpresa a muitas pessoas que procuraram descer de carro e/ou moto no final de semana até a beira do rio para banho nas águas do Arinos e passeios de barco.

No primeiro momento, muitas pessoas se revoltaram em grupos de WhatsApp, uma vez que ficaram impedidos de descer até a beira do rio.

A reportagem procurou os representantes da Colonizadora, que explicaram que a medida de fechamento da via foi tomada após circular em grupos de WhatsApp áudios com ameaças de pessoas iriam andar de jet ski próximo a lanchonete Flutuante, para causar ondas e afundar a lanchonete. O dono do estabelecimento já tinha registrado Boletim de ocorrência relatando as ameaças, porem sem muito suporte, procurou os representantes da Colonizadora.

Em áudios, uma pessoa dizia que como os proprietários da lanchonete flutuante tinham destruído a rampa que servia para descida de embarcações no local, eles iriam descer os jet ski na água no porto da “Escadinha”, que pertence a Conomali, e dali desceriam até a lanchonete Flutuante para causar tumulto.

Procurados pelo proprietário da lanchonete Flutuante, e preocupados com a segurança da população que frequenta a área de banho, os representantes da Conomali tomaram a atitude de interditar o acesso a Escadinha, para evitar que os “arruaceiros” cumprissem a promessa.

“Essas ameaças foram a gota d’água. Essas pessoas a muito tempo vêm aprontando. Em solidariedade aos proprietários da Flutuante tomamos essa atitude, não podemos deixar os baderneiros se acharem donos do rio Arinos, por isso tomamos essa atitude em defesa da nossa população de bem de Porto dos Gaúchos que frequenta os locais de banho, tanto na Escadinha como na Flutuante. As pessoas querem ir pra lazer, e correm risco de não aguentam ficar no local por causa da presença de baderneiros”, destacaram os representantes da Conomali a nossa reportagem.

Ultimamente usuários de jet ski causaram alguns transtornos no local onde fica a lanchonete Flutuante. Mesmo com os proprietários da lanchonete avisando incansavelmente para que não circulem com o jet ski próximo a lanchonete e a área de banho, alguns tem insistido nessa pratica, o que tem causado transtornos e risco de acidente eminente no local, onde uma criança já foi atingida por fortes jatos de agua jogados por um jet ski, e uma funcionaria da lanchonete teve queimaduras com óleo quente enquanto trabalhava na cozinha da Flutuante, devido as ondas dos jet que teimam em circular bem próximo ao estabelecimento.

O que se espera é que as autoridades tomem providencias quanto a essas pessoas que acham que Porto dos Gaúchos é terra sem lei, e nos finais de semana promovem esse tipo de ação levando risco a vida de banhistas que frequentam os pontos turísticos, como a área da Escadinha e da Flutuante.

PARTICIPE DO GRUPO DO PORTO NOTICIAS NO WHATSAPP

Fonte: Porto Noticias

A decisão de interditar o local foi para preservar a vida das pessoas e evitar arruaceiros
Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Porto dos Gaúchos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 15 =

Verifique também

Policia Civil de Porto dos Gaúchos cumpre mandado de prisão contra integrante do CV acusado de homicídio em Tapurah

Policiais da Delegacia de Porto dos Gaúchos cumpriram na tarde desta sexta-feira (24 de se…