Ninguém quer perder a teta: deputado convoca ato em defesa do aumento de mandatos

Desesperados e com objetivo único de prolongar seus mandatos os apoiadores da PEC 56/2019 estão em êxtase com o parecer do deputado Valtenir Pereira (MDB-MT).

O relator na CCJ – Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara Federal, que acrescenta o artigo 115, ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias – ADCT, para prorrogar os mandatos dos atuais Prefeitos, Vice-Prefeitos e Vereadores, unificando as eleições gerais e as eleições municipais. que estabelece a coincidência geral dos pleitos para todos os mandatos eletivos, aumenta de 8 para 10 anos, o mandato de Senador, estabelece o mandato de 5 anos para todos os cargos eletivos e põe fim ao instituto da reeleição para os cargos do poder executivo.

Em síntese tentam justificar, a coincidência das datas das eleições diminuiria os gastos públicos e contribuiria para o bom andamento dos 2 trabalhos do Congresso Nacional, interrompidos pela prática de eleições em biênios alternados.

Para isso Deputado federal Valtenir Pereira (MDB), está convocando para o próximo dia 30 de maio, em Cuiabá um ato público em defesa da PEC. E conta com apoio do Presidente da UCMMAT, Vereador pelo município de Vila Bela da Santíssima Trindade, Edclay Coelho (PSD).

Os dois gravaram vídeo de convocação e pretendem reunir aproximadamente 1.400 vereadores de todo o estado. É impressionante a mobilização para tentar se manterem no poder, tendo em vista que a uma “onda de renovação” está varrendo o país e deve alcançar o próximo pleito municipal.

Esperamos a que a população não tenha memória curta e lembre de tudo que se passa diariamente em cada um dos municípios brasileiros. abandono do patrimônio público, das ruas e estradas vicinais, o desleixo na educação, na saúde a falta de medicamentos entre outros problemas gravíssimos que podemos até generalizar e afeta a grande maioria dos municípios brasileiros.

Novas eleições e assim aparecerão políticos que prometem algo nunca irão cumprir, os tapinhas nas costas chamando de amigo e companheiro, e enaltecendo que já fez muita coisa pela população, mas na verdade não quer é largar a ” teta”.

É importante perceber que não costumamos ver tamanha mobilização da classe política, quando o assunto são pautas de necessidade popular, como saúde, educação e segurança.

Neste momento o nosso destino está atrelado a total falta de ética e compromisso da classe política, e a democracia exige a postura ética e verdadeira de seus representantes mesmo que sejam em sua grande maioria ” Mamadores de tetas da máquina pública”, e claro em todas as circunstâncias existem as exceções, são justamente aqueles que são a minoria e que acabam silenciados pelo sistema.

 

 

Fonte :

marreta urgente

Deixe seu comentário: