Home Polícia Pai que deixou filha morrer de fome para curtir Réveillon é policial civil em MT

Pai que deixou filha morrer de fome para curtir Réveillon é policial civil em MT

2 min ler
0



O homem de 65 anos, identificado como L.S.M.P., preso na manhã de sexta-feira (07), após ser acusado pelo crime de abandono de incapaz com resultado na morte da filha de 41 anos, com deficiência mental, em Várzea Grande, é policial civil aposentado.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da instituição.

Narra o boletim de ocorrência que a vítima foi encontrada na sala do imóvel, deitada em um colchão de solteiro, sem forro e em visível estado de desnutrição, já que estava bastante magra.

Testemunhas contaram que L.S.M.O. viajou no sábado (1º) até uma chácara para comemorar o Ano Novo e deixou cinco filhos em casa. Todos eles possuem deficiência mental, segundo a polícia.

Foi constatado ainda pelos investigadores que a residência estava em aparente estado de abandono, não tendo nem mesmo colchão ou alimentos suficientes para sobrevivência humana.

Diante dos fatos, o policial aposentado foi encaminhado até a Central de Flagrantes.

O caso está sendo apurado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Reporter MT

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Polícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também

Frigoríficos de MT são alvos de investigação por suposta compra de gado de forma ilegal

O Ministério Público Federal (MPF) abriu inquérito civil contra frigoríficos de Mato Gross…