PDT confirma Pivetta ao Senado com Sachetti na suplência

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) confirmou que não irá compor com nenhum candidato cabeça de chapa para a disputa suplementar do Senado, na vaga que pertencia a Selma Arruda, que foi cassada por crimes eleitorais. Conforme o presidente estadual da sigla, deputado Allan Kardec, o pré-candidato permanece o vice-governador Otaviano Pivetta, inclusive já com reunião marcada para estreitar relações com partidos que irão compor o arco de aliança.

Kardec ressaltou que o partido já definiu nome de coordenador político e está buscando no mercado um coordenador de marketing, já que Antero Paes de Barros não fará mais o trabalho.

“Não tem nada de composição. Teremos candidato sim. Amanhã vamos oficializar o vice-governaror Otaviano Pivetta como nosso pré-candidato ao Senado. Vamos receber apoio de vários partidos, entre eles o PSB, o PV, PC do B, Republicanos e MDB”, disse Kardec ao Olhar Direto.

O nome do ex-deputado federal Adilton Sachetti (Republicanos), que na campanha de 2018 obteve 333 mil votos, será reoficializado como primeiro suplente de Pivetta. Já o segundo suplente, que seria a vice-prefeita de Cáceres, Eliene Deliberato, será trocado.

“O Sachetti está fechadíssimo conosco. O Max Russi será nosso coordenador político e pode haver um apoio forte do PV com nome do José Roberto Stopa como suplente, o MDB com a possibilidade de indicar Teté Bezerra e o PC do B com a indicação da professora Maria Lucia Cavalli Neder. Então, teremos uma campanha firme e forte, sim. Tudo isso será definido em reunião com todos os partidos envolvidos, nesta sexta-feira (7)”, comentou o deputado e presidente do PDT.

Allan ainda confirmou que o marketing do grupo não estará mais sob o comando de Antero Paes de Barros porque em Lucas do Rio Verde o grupo de Pivetta irá apoiar um candidato e Fávaro outro. Com isso, Antero deve fazer a campanha de Carlos Fávaro (PSD).

“Não vamos mais ter o Antero [Paes de Barros] como nosso marketeiro. Estamos fazendo uma pesquisa de mercado para depois anunciar esse nome. Mas o coordenador político será o Max Russi. Isso acaba com todas as possibilidades de alguém dizer que Pivetta vai apenas compor. Pivetta será cabeça de chapa e vamos forte para a essa eleição suplementar”, concluiu o presidente.

A eleição suplementar para o senado será em 15 de novemebro, mesma data das eleições municipais. Os partidos tem do dia 31 de agosto até o dia 16 de setembro para fazer suas convenções e anunciar chapa completa para a disputa.
Fonte:
Olhar Direto

Comentários

comentários

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para lhe atender
👋 Olá, como posso ajudar?