Prefeito de Tabaporã lança obra de reestruturação de prédio da prefeitura e cria polemica por causa de palmeiras

Tal como aconteceu em Porto dos Gaúchos, quando foi anunciada a obra de restauração da avenida principal da cidade, o prefeito de Tabaporã “caçou” briga com boa parte da população ao anunciar a reforma e ampliação do prédio da prefeitura de seu município.

Em Tabaporã, a polemica nas redes sociais teve como foco a retirada de duas palmeiras plantadas na frente da entrada principal do prédio da prefeitura.

Foi só o vereador Neto postar em sua página na rede social para gerar uma série de comentários, de pessoas contra e a favor a retirada das palmeiras.

Na postagem o vereador escreveu: “É triste saber que a cultura, preservação da história estão sendo menos importante para essa geração! O marco temporal e central da história de Tabaporã será retirado sem nenhuma audiência ou pergunta pública, essas duas Palmeiras têm dentro delas a história o suor de cada pioneiro que aqui construíram suas vidas, famílias, destinos… Não são só duas Palmeiras, isso vai muito além! Só pelo simples fato de “Desocupar”? #soucontra

As opiniões se dividem, e a postagem do vereador tinha até esta terça-feira, 12 de maio, 240 comentários.

O novo prédio da prefeitura receberá R$ 444.360,52 de investimentos próprios, com construção de 07 salas para atendimento, 01 recepção, 02 banheiros comum, 01 banheiro PNE (para pessoas portadoras de deficiência), estacionamento coberto e rampa de acessibilidade.

Com toda a polemica, a gestão municipal informou que as palmeiras que serão retiradas da frente da prefeitura serão replantadas no centro de múltiplo uso na Avenida que está em fase de construção.

Por Roseno Barros

Comentários

comentários