Home Executivo Prefeitura decreta Situação de Emergência em Porto dos Gaúchos após chuvas prejudicarem lavouras e estradas

Prefeitura decreta Situação de Emergência em Porto dos Gaúchos após chuvas prejudicarem lavouras e estradas

5 min ler
0
0

Em entrevista, o prefeito Vanderlei disse que o excesso de chuvas prejudicou não só a agricultura, mas também as estradas do município.

O prefeito do município, decretou situação de emergência nas áreas do município de Porto dos Gaúchos que foram afetadas por fortes chuvas nos três primeiros meses de 2021, e causaram perdas em lavouras e afetaram estradas.

O decreto de emergência Nº 052/2021 foi assinado pelo prefeito Vanderlei de Abreu no último dia 31 de março/2021.

Com o decreto municipal, uma equipe da Defesa Civil do estado esteve in loco no município para verificar as condições detalhadas no decreto, e posterior confecção de relatório que será analisado pelo governo do estado.

O secretario municipal de Agricultura Leandro Schaedler confirmou que a situação de emergência foi uma reivindicação da classe produtora, que perdeu hectares de soja plantada, e tiveram atrasos no plantio de milho gerando incontáveis prejuízos. “Houve uma precipitação de chuva muito grande em um intervalo curto, o que causou muitas percas, e esse decreto é para amenizar a situação, que possibilita aos produtores vantagens em renegociação de dívidas”, disse o secretário.

O representante da Defesa Civil, Benedito Gomes, disse que após a constatação da situação em Porto dos Gaúchos, será feito um relatório respaldado em uma gama de documentos que será remetida tanto ao governo do estado como ao governo federal para que possa reconhecer a realidade no município, o que será feito o mais breve possível por se tratar de uma situação de emergência. “Sabemos que a maioria dos municípios do estado, a espinha dorsal dela é a produção rural, então temos que mostrar a real situação do que está acontecendo tanto aos governos superiores quanto a população”, destacou.

O prefeito reforçou a necessidade do decreto da situação de emergência, para que o município seja ressarcido com os prejuízos causados, uma vez que chuvas além dos prejuízos aos produtores veio a acarretar estragos em pontes, bueiros, estradas… “Então com a confirmação do decreto pelos governos superiores poderemos ser ressarcidos em parte dos serviços feitos e dos que iremos fazer, e também quem sabe conseguindo alguns recursos pra atender essa demanda e corrigindo isso tudo. Solicitamos a defesa civil que veio juntar a provas e agora caberá a Assembleia Legislativa aprovar o decreto, pois teve prejuízos tanto para o produtor quanto para o município, pois se houve prejuízo aos produtores, houve prejuízo em arrecadação para o município”, ressaltou.

VEJA O DECRETO DE SITUAÇÃO DE EMERGENCIA

Fonte: Porto Noticias

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Executivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =

Verifique também

Governo de MT altera decreto e bares e lanchonetes podem abrir até as 22h. Toque de recolher é as 23h

O Governo de Mato Grosso atualizou as medidas restritivas contra o avanço da covid-19 no e…