Home Brasil Brasil cordena reunião na ONU que discute a criação de um corredor humanitário para retirar civis da Faixa de Gaza

Brasil cordena reunião na ONU que discute a criação de um corredor humanitário para retirar civis da Faixa de Gaza

4 min ler
0

Nesta sexta-feira (13/10), o ministro das Relações Exteriores do Brasil, embaixador Mauro Vieira, coordena a reunião do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, em Nova York, nos Estados Unidos, a partir das 10h (horário local). Convocada pelo Brasil, que preside o Conselho no mês de outubro, a reunião terá como objetivo discutir a situação humanitária na Faixa de Gaza, ameaças à segurança e à paz mundial e desdobramentos do conflito no Oriente Médio.

O encontro busca, também, criar condições para que o conflito entre Israel e o Hamas chegue o mais breve possível a uma possibilidade de cessar fogo e a uma solução negociada para o conflito. Na quarta-feira (11/10), o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, fez um apelo ao secretário-geral da ONU, António Guterres, e à comunidade internacional, em defesa das crianças palestinas e israelenses.

“Lancemos mão de todos os recursos para pôr fim à mais grave violação aos direitos humanos no conflito no Oriente Médio. Crianças jamais poderiam ser feitas de reféns, não importa em que lugar do mundo. É preciso que o Hamas liberte as crianças israelenses que foram sequestradas de suas famílias. É preciso que Israel cesse o bombardeio para que as crianças palestinas e suas mães deixem a Faixa de Gaza através da fronteira com o Egito. É preciso que haja um mínimo de humanidade na insanidade da guerra”, disse o presidente.

Conselho de Segurança da ONU

A reunião, que seria realizada somente na próxima semana, foi antecipada a pedido do Brasil. O País, que ocupa uma das dez vagas do Conselho para membros não permanentes, em um mandato que segue até o fim deste ano, assumiu a Presidência rotativa do grupo em outubro. Com isso, cabe a ele promover e convocar os encontros, desde que autorizados pelos cinco membros permanente do grupo – China, Estados Unidos, Rússia, França e Reino Unido.

Fonte: Agência Gov

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Polícia Civil resgata cachorros vítimas de maus-tratos no interior de Juara

Uma denúncia veiculada no sábado, 24 de fevereiro através de um vídeo nas redes sociais da…