Home Tabaporã Júri de casal acusado de matar e jogar filho de 07 meses em poço em Tabaporã foi adiado

Júri de casal acusado de matar e jogar filho de 07 meses em poço em Tabaporã foi adiado

1 min ler
0

Foi adiado o julgamento de Raquel Araújo Dias, e do então marido Tiago Silva Lacerda, acusados de terem matado e jogado o corpo da própria filha, uma bebê de sete meses, em um poço, no município de Tabaporã em dezembro de 2019.

A princípio, conforme noticiado aqui o casal seria julgado na quarta-feira dia 03 de março (ontem), porem o Ministério Público Estadual explicou que como o delegado de Jataí (GO), Agnaldo Coelho Alves, estaria em férias nessa data, e seu depoimento era importante, o júri acabou sendo adiado por decisão do juiz Rafael Depra Panichella que remarcou a data do julgamento para o dia 29 de março.

A sessão deverá ser realizada na câmara de vereadores de Tabaporã. O pai e a mãe da criança irão a julgamento por homicídio qualificado e também serão julgados pelo crime de ocultação de cadáver.

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Tabaporã
Comentários estão fechados.

Verifique também

Expedição Rio Arinos, documentário sobre a colonização de Porto dos Gaúchos