131 candidatos já foram barrados pela Lei da Ficha Limpa em Mato Grosso, entre eles ex-prefeitos de Porto dos Gaúchos e Juara

Priminho Riva, que é irmão do ex-presidente da Assembleia José Riva, Revelino Trevisan ex-prefeito de Porto dos Gaúchos, e outras 129 pessoas já tiveram registros de candidatura negados pela Justiça Eleitoral em Mato Grosso até o ultimo dia 20 de outubro. Priminho Riva e Revelino Trevisan foram enquadrados na Lei da Ficha Limpa, que proíbe condenados por órgão colegiado de disputar cargo eletivo. Eles tentavam registro pra concorrer a prefeito de seus respectivos municípios pelo PL.

Entre os candidatos a prefeito barrados pelo PL, estão também Lincoln Saggin, em Torixoréu, e Gilberto Mello, em Chapada dos Guimarães. Apenas o candidato “Pé no Chão”, do PCdoB, em Sorriso, que também teve o registro indeferido, é de outra sigla entre os pretensos prefeitos.

A maior parte dos 131 barrados em MT até agora são candidatos a vereador, que foram considerados inaptos. Os números ainda podem variar, na medida que os pedidos de registro seguem sendo julgados pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT). Ao todo, 6,8 mil registros ainda aguardam julgamento.

Mato Grosso tem 12,7 mil registros de candidaturas em 2020, o que representa 22% a mais de registros que nas eleições municipais de 2016, quando 10,4 mil se inscreveram.

Fonte:
Porto Noticias

Comentários

comentários

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para lhe atender
👋 Olá, como posso ajudar?