Home Mundo Na COP28, Lula cita crise climática e cobra países ricos: ‘Planeta está farto de acordos não cumpridos’

Na COP28, Lula cita crise climática e cobra países ricos: ‘Planeta está farto de acordos não cumpridos’

7 min ler
0

Em discurso nesta sexta-feira (1º), durante a abertura da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28), em Dubai, nos Emirados Árabes, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que “o planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos” e cobrou dos países ricos a execução da promessa de ajudar financeiramente os mais pobres para combater as mudanças climáticas.

“O planeta já não espera para cobrar a próxima geração. O planeta está farto de acordos climáticos não cumpridos, de metas de redução de carbono negligenciadas, do auxílio financeiro aos países pobres que não chega, de discursos eloquentes e vazios. Precisamos de atitudes e práticas concretas”, declarou.

Lula também afirmou que 2023 já é o mais quente dos últimos 125 mil anos e que a Amazônia passa por uma das “mais trágicas secas de sua história”. Ele também citou as recentes tempestades e os ciclones que deixaram um “rastro inédito de destruição e morte” no Sul do país. “A ciência e a realidade nos mostram que desta vez a conta chegou antes”, disse.

Na sequência, Lula argumentou que o mundo gastou mais de US$ 2 trilhões em armas. A quantia, segundo ele, poderia ser investida no combate à fome e no enfrentamento da mudança climática.

“Quantas toneladas de carbono são emitidas pelos mísseis que cruzam o céu e desabam sobre civis inocentes, sobretudo crianças e mulheres famintas? A conta da mudança climática não é a mesma para todos. E chegou primeiro para as populações mais pobres. O 1% mais rico do planeta emite o mesmo volume de carbono que 66% da população mundial.”

O líder brasileiro ressaltou que o não cumprimento dos compromissos assumidos “corrói” a credibilidade do regime e, por isso, é preciso resgatar a crença no multilateralismo. “É inexplicável que a ONU, apesar de seus esforços, se mostre incapaz de manter a paz, simplesmente porque alguns dos seus membros lucram com a guerra. É lamentável que acordos como o Protocolo de Kyoto ou os Acordos de Paris não sejam implementados”, disse.

Durante o discurso na COP28, Lula defendeu a ideia de que o Brasil lidere rumo a uma economia verde e sustentável. “O mundo já está convencido do potencial das energias renováveis. É hora de enfrentar o debate sobre o ritmo lento da descarbonização do planeta e trabalhar por uma economia menos dependente de combustíveis fósseis. Temos de fazê-lo de forma urgente e justa. Vamos trabalhar de forma construtiva, com todos os países, para pavimentar o caminho entre esta COP28 e a COP30, que sediaremos no coração da Amazônia”, afirmou.

Nesta quinta (30), o presidente afirmou em Doha, no Catar, que a discussão na COP28 poderia ainda não ser decisiva. “Acho que nós vamos ter que mudar o jogo para que as pessoas aprendam que o planeta não está brincando, que o planeta está avisando: ‘Cuidem de mim, porque senão vocês que vão perder’. E o ser humano não pode continuar sendo irracional, não pode ser o único animal vivo a destruir o seu habitat natural”, disse.

Durante a entrevista, o presidente respondeu negativamente quando questionado sobre a possibilidade de chegar a um acordo sobre a promessa, feita pelos países ricos, de alocar US$ 100 bilhões às nações mais pobres para que se adaptem à mudança climática.

“Eu não acredito. Eu, sinceramente, acho que é preciso, primeiro, que as lideranças políticas do mundo tomem decisões mais corajosas e mais rápidas. Nós precisamos ter uma governança global para cuidar do planeta, porque, se você tomou uma decisão qualquer em benefício do mundo, e ela precisa ser votada internamente pelo seu Congresso Nacional, significa que ninguém vai cumprir”, argumentou Lula.

R7

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Mundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Polícia Civil resgata cachorros vítimas de maus-tratos no interior de Juara

Uma denúncia veiculada no sábado, 24 de fevereiro através de um vídeo nas redes sociais da…