Home Política Lula diz que MT tem 30 milhões de cabeças de gado e fila de ossos

Lula diz que MT tem 30 milhões de cabeças de gado e fila de ossos

5 min ler
0

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) usou o episódio de filas por ossos em Cuiabá para criticar a gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por conta da desigualdade social no país.

Em entrevista à Rádio Capital FM, nesta quarta-feira (29), o petista disse que o episódio da fila em busca de ossos ocorre no Estado que possui o maior rebanho bovino do País. Lula atribuiu a Bolsonaro a culpa pelo aumento na miséria no País.

“Mato Grosso, esse querido Estado que é símbolo de desenvolvimento do nosso Brasil, tem 30 milhões de cabeça de gado. Esses dias mostrou nacionalmente uma mulher na porta de um açougue procurando um osso para comer. Como se explicar?”, questionou.

“A fome não é um fenômeno da natureza, a fome é falta de vergonha de quem governa esse País. Porque nós provamos que é possível acabar com a fome”, acrescentou.

Lula ainda citou que, atualmente, há cerca de 19 milhões de brasileiros passando fome e 116 milhões convivem com algum grau de insegurança alimentar.

“Quem está te falando é um cara que já passou fome. Já teve dias de estar na beira do fogão sem minha mãe ter o que fazer para comer. Por isso que priorizei a fome, porque quem tem fome não pode esperar”, afirmou.

Para solucionar o problema, Lula apontou ser necessário um programa de emprego e distribuição de renda.

“A solução para o Brasil é colocar o pobre no orçamento das prefeituras, no orçamento do Estado, da União e colocar o rico no imposto de renda. Porque rico não paga imposto sobre lucros e dividendos”, disse.

O petista é pré-candidato a eleição para presidente da República em 2022. Atualmente, é considerado o nome mais forte para enfrentar o atual presidente nas urnas.

Crítico a Bolsonaro

Esta é a primeira entrevista que o ex-presidente concede à imprensa mato-grossense como presidenciável. Nela, atacou diversas vezes as políticas encabeçadas por Bolsonaro, em especial as relacionadas a emprego e renda e a educação.

Para o petista, Bolsonaro não fez gestão para Mato Grosso em mil dias de governo.

“Eu vou fazer uma pergunta: me diga se o Bolsonaro criou uma vaga em uma escola em uma universidade de Mato Grosso ou se fez um metro de estrada ou ferrovia em Mato Grosso? Porque ele está comemorando mil dias de governo”, disse.

“Mato Grosso é um Estado muito poderoso nesse País. É o maior produtor de grãos, exportador de proteína animal. Eu quero saber o que Bolsonaro já fez do ponto de vista de infraestrutura”, afirmou.

“Eu sei que agora o governador [Mauro Mendes] apresentou um projeto de ferrovia e financiar com uma empresa e talvez a coisa ande. […] Se não há investimento, se a economia não cresce, se não investe na educação, a fome volta e a educação desaparece”, completou.

CÍNTIA BORGES/ Mídia News

Carregue mais postagens relacionados
Carregue mais por Porto Notícias
Carregue mais em Política

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − 2 =

Verifique também

Porto dos Gaúchos é contemplado em dois projetos pela SECEL-MT, e vai realizar decoração de Natal e Jornada Cultural

O município de Porto dos Gaúchos foi contemplado em dois projetos no Edital MT AFLUENTES d…