Governador sanciona lei que cria banco de ração para animais abandonados em MT

O governador Mauro Mendes (DEM) sancionou, nessa quinta (28), Lei de autoria do Sargento Vidal (Pros)  que determina a urgente disponibilização de um banco de rações para cães e gatos abrigados em Ongs e associações protetoras de animais previamente cadastradas no Estado. A  matéria foi  aprovada pela Assembleia no período que Vidal, que é suplente,  exerceu mandato de deputado estadual na cadeira de João Batista (Pros).

“Esse projeto irá minimizar a fome desses animais de rua, cães e gatos indefesos que precisam da nossa ajuda para sobreviver. O prazo dessa ajuda emergencial será enquanto durar a pandemia causada pela Covid-19”, destacou Vidal, que atua como protetor dos animais há mais 30 anos anos .

Conforme a Lei já sancionada, as entidades cadastradas, Ongs e associações filantrópicas que promovem a distribuição de ração, deverão informar quinzenalmente o número de animais atendidos com a doação do programa.

“O banco de ração de Mato Grosso poderá ser feito de forma gratuita ou com doações de móveis, roupas, remédios, produtos de gêneros alimentícios ou produtos de limpezas”, diz trecho da Lei.

Na avaliação de Vidal, é de extrema importância a ajuda do Estado, durante esse período de pandemia.

“Estamos passando por um momento de dificuldade financeira de modo geral e essas Ongs atuam fazendo o papel do Estado e do município. E por conta da pandemia, em poucos dias terão que soltar esses animais nas ruas em busca de alimentos ou deixar morrer em seus canis e gatis. Com uma possível soltura deles, ficará ainda pior a situação”, concluiu.

Fonte:
RD News/Jacques Gosch

Comentários

comentários